Lazer e diversão no Dia de Combate à Violência contra o Idoso


Idosos de quatro instituições comemoraram o Dia Mundial de Conscientização da Violência Contra a Pessoa Idosa com um passeio no Parque Ecológico de Vilas, em Lauro de Freitas. A atividade foi promovida pelo Movimento Municipal de Luta da Pessoa com Deficiência, Mobilidade Reduzida e Idosos (MMLPcDLF).

“Esse passeio é uma alternativa maravilhosa pra nós que não temos muitas opções de lazer nos feriados e finais de semana. O parque é muito bonito e tem acessibilidade”, afirmou o idoso e cadeirante Teodoro Oliveira Lima.

Para a presidente do Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Pessoa Idosa, Elizenir Brito, “esse é mais um dia de luta em busca da valorização e do respeito que é direito, não só do idoso, mas de todo cidadão. Não podemos perder os valores da juventude que serão os idosos de amanhã”. Em Lauro de Freitas existem aproximadamente 17 mil pessoas na terceira idade.

Após conhecer o parque os idosos assistiram uma peça de teatro, fizeram atividades físicas e dançaram embalados por ritmos de forró e axé. “Temos que tocar o coração das pessoas em relação à causa do idoso que muitas vezes fica órfão de filhos vivos. Não podemos abandonar essa parcela da população que merece tanta atenção”, alertou a presidente do movimento Katia Batista.

No Brasil a cada dez minutos um idoso é agredido. O dia 15 de junho foi instituído pela Organização das Nações Unidas como o Dia Mundial de Conscientização da Violência Contra a Pessoa Idosa buscando sensibilizar a sociedade para a importância da inclusão desses cidadãos e pra alertar sobre o crescimento das estatísticas de maus tratos à população da terceira idade. De acordo com o Ministério dos Diretos Humanos, as denúncias de violência contra o idoso cresceram 20,54%.

Para Cássia Vieira, do Departamento do idoso da Secretaria de Desenvolvimento Social e Cidadania de Lauro de Freitas, é necessário que a sociedade crie uma visão macro da pessoa idosa estabelecendo um ambiente que proporcione à pessoa um processo de envelhecimento saudável físico e mental.

Abandono, negligência, exploração sexual e financeira são alguns dos tipos de violência praticados contra os idosos. Em Lauro de Freitas atuam órgãos que lutam para garantir o cumprimento dos direitos previstos pelo Estatuto do Idoso. Para denunciar casos de violência à pessoa idosa existe o Disque 100, canal da Ouvidoria Nacional de Direitos Humanos.




Share on Google Plus

About Marcinho do Saiunoblog

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.