MORTE! CORPO DA CANTORA DO HIT 'CHORANDO SE FOI' LOALWA BRAZ É ENCONTRADO CARBONIZADO DENTRO DE CARRO INCENDIADO


A cantora Loalwa Braz, encontrada morta dentro de um carro incendiado nesta quinta-feira (19), foi um dos ícones da lambada, movimento surgido no final dos anos 1980. Líder da banda franco-brasileira Kaoma, na qual permaneceu de 1989 a 1999, ela ficou conhecida pelo hit "Lambada (Chorando se foi)", do disco "Worldbeat" (1989). O álbum tinha ainda a faixa "Dançando lambada".

ANÁLISE: Loalwa Braz se foi sem se desvincular da fama fugaz de 1989.

Em 1990, no auge da lambada, o single de "Chorando se foi" já tinha vendido mais de 5 milhões de cópias, segundo o jornal americano "The New York Times".

O site oficial de Loalwa destaca qu,e graças a "Chorando se foi", Loalwa foi "uma das 20 vozes mais ouvidas no mundo", de acordo com classificação no "Guiness World Records". Ao longo de uma carreira que durou mais de quatro décadas, a cantora vendeu mais de 30 milhões de discos, incluindo de trabalhos solo.
Resultado de imagem para MORRE CANTORA DA BANDA KAOMA

Acusação de plágio em 'Chorando se foi'

"Chorando se foi" é, na verdade, uma versão de "Llorando se fue", do grupo boliviano Los Kjarkas, banda tradicional de música andina. A gravação original, do começo da década de 1980, em nada tinha a ver com lambada – tratava-se de uma canção nos moldes da música folclórica da Bolívia.

O site oficial dos Kjarkas lembra que "Llorando se fue" teve "diversas versões; em alguns casos protagonizando escândalos e processos judiciais por plágio".

A versão do Kaoma é uma das citadas. "O caso foi ganhado por Los Kjarkas, que provaram a autoria do tema e demostraram o plágio do gruop Kaoma, recebendo indenização", diz o texto, sem mencionar o valor que teria sido pago pela banda franco-brasileira.

Resultado de imagem para MORRE CANTORA DA BANDA KAOMA

Perfil de Loalwa

Loalwa Braz nasceu no Rio, em uma família de músicos (o pai, Walter Lowal, era maestro, e a mãe, Diva, tocava piano clássico). Entre os quatro e os 12 anos, a futura cantora estudou piano clássico.

"Eu nasci em Jacarepaguá, berço de muitos bambas, que frequentaram a minha casa. Jackson do Pandeiro, por exemplo, era da banda do meu pai", disse ela, em depoimento reproduzido em seu site oficial.

"Quando tinha uns 15 anos, cantei 'Carinhoso' em concurso num clube de Jacarepaguá e tirei primeiro lugar. Foi uma emoçõa, porque Pixinguinha estava presidindo o júri."

Dentre os artistas com quais colaborou, são listados os nomes de Gilberto Gil, Tim Maia, Alcione, Maria Bethânia, Emílio Santiago, Gal Costa e Caetano Veloso. O texto diz que as colaborações ocorreram entre 1975 e 1985, ano em que Loalwa passou a morar em Paris, logo após o show "Brésil en Fête", no Palais des Sports.

Lá, ela passou a cantar jazz em clubes e casas de show. "Os convites para shows fora do Brasil nunca deixaram de acontecer", lembrava. O perfil cita ainda que em 1989 Loalwa acompanhou a queda do Muro de Berlim, tenso sido "uma das centenas de pessoas que com o martelo na mão destruiu a emblática barreira cantando o sucesso do Kaoma".

Loalwa foi integrante da Academia de Artes Ciências e Literatura da França, pela qual foi condecorada com a medalha de prata da instituição. Ela lançou um álbum solo em 2006, descrito por ela como "uma viagem entre o romantismo e a explosão de ritmos que fazem parte de minha personalidade como artista".


A cantora Loalwa Braz, vocalista do grupo Kaoma (Foto: Reprodução/Facebook/Kaoma)

Corpo encontrado

O corpo de Loalwa Braz foi encontrado dentro de um carro incendiado em Saquarema, na Região dos Lagos do Rio.

De acordo com o comandante do Corpo de Bombeiros, Leonardo Couri, a equipe foi acionada por volta de 3h40 da madrugada desta quinta-feira para combater um incêndio em uma residência. A casa seria da cantora, mas a informação não foi confirmada pela polícia. O fogo consumiu o sótão. Segundo o comandante, enquanto a equipe trabalhava no imóvel, um novo chamado foi feito.

"Era para conter as chamas que consumiam um carro. Dentro do automóvel a equipe identificou que havia um corpo carbonizado e a perícia foi acionada. Foi tudo muito rápido", afirmou Leonardo Couri. O corpo ainda não chegou no Instituto Médico Legal de Araruama.

Segundo informações preliminares do comando da PM, dois homens foram vistos na casa da cantora, que fica próximo ao local onde o carro foi localizado. Ainda não há informações sobre a ligação entre a possível invasão e o crime.
Share on Google Plus

About Marcinho do Saiunoblog

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.