Prefeita Moema Gramacho traz metrô, viadutos, estações de metrô e de transbordo e passarelas para Lauro de Freitas


Uma série de intervenções no trânsito da cidade de Lauro de Freitas, na região metropolitana de Salvador, será feita por causa das obras do metrô, que devem ser entregues no final deste ano. As mudanças foram anunciadas pela prefeitura e pela CCR Metrô, nesta segunda-feira (17). Com a Linha 2 do metrô, os moradores de Lauro de Freitas devem chegar à região do Iguatemi em menos de 25 minutos.

A imagem pode conter: 6 pessoas, pessoas em pé
Os transtornos durante as obras podem ser atenuados pelas ações implementadas pra minimiza-los e pela certeza de que, ao final, os benefícios serão infinitamente maiores com a melhoria da mobilidade e com um sistema de transporte Integrado, moderno, eficiente e de qualidade.

Em coletiva, o secretário Henrique Olinto descartou a sensação de "pânico" entre os munícipes, que temem mais complicações no tráfego local. Segundo ele, as dimensões das vias não serão alteradas. "Vai continuar da mesma forma, só vai mudar a localização e deve durar entre dois ou três dias para a população se acostumar", prevê. Conforme destacou em uma das mudanças, a saída de Itinga contará com uma via paralela. "As alterações de agora são importantes para garantir melhorias para toda a vida", afirma.

Confira as mudanças

As intervenções acontecerão entre o final da Avenida Carybé e o trecho inicial da Avenida Santos Dumont, incluindo um redesenho das vias e a construção de viadutos e pontilhões.

As obras tiveram início, com o alargamento das vias existentes, em ambos os sentidos, a partir do viaduto Dois de Julho (final da Avenida Caribé), sem interferência no tráfego. A via permanente (trilhos) do Sistema Metroviário de Salvador e Lauro será instalada em parte da atual pista no sentido Salvador e os alargamentos permitirão remanejar o fluxo de veículos para execução das etapas seguintes. A quantidade de faixas não será alterada.

Uma nova fase da obra será iniciada e mais mudanças acontecem no local. A pista de ligação entre as avenidas do Bambuzal e Santos Dumont será alargada. É nessa área que será construído o terminal do shuttle, serviço de interligação entre o aeroporto e a estação do metrô de mesmo nome. O estacionamento de trens da Linha 2 será construído na região da Avenida Dois de Julho.

Na Avenida Dois de Julho, a partir do próximo dia 21, o tráfego será deslocado para desvio provisório de 400 metros que permitirá a implantação de um novo viaduto. A previsão é que a obra dure três meses.

Nesta nova etapa, a Travessa Santos Dumont, conhecida como rua das locadoras, será interditada parcialmente, não funcionando mais como via de ligação entre as avenidas do Babuzal (Avenida Tenente Frederico Gustavo dos santos) e Santos Dumont. Partindo do Bambuzal será possível trafegar até o estacionamento da Estapar, enquanto quem sair da Avenida Santos Dumont poderá seguir até o último portão da Sofá e Cia. O acesso nas duas extremidades será liberado por colaboradores da CCR com o uso de barreiras móveis.

A Travessa Santos Dumont também ganhará nova ponte de acesso, melhorando a ligação entre as avenidas do Bambuzal e Santos Dumont. Esta melhoria será feita para adequar as dimensões e capacidade da estrutura. A ponte atual permanecerá aberto ao tráfego até que parte da nova ponte esteja liberada para veículos.

Estudos de engenharia viária foram realizados com a Secretaria de Trânsito Transporte e Ordem Pública do município para minimizar os impactos do conjunto de intervenções no trânsito local.

No sentido Lauro de Freitas, um pontilhão será construído dando acesso ao novo viaduto que passará por cima da via permanente do metrô, com término na altura da Cresauto. No total, serão adicionados cerca de 700 metrô de pista, mantendo as três faixas de rolamento do viário atual. No sentido Salvador, a pista será reajustada com a manutenção das três faixas atuais criação do acesso ao Terminal Aeroporto, principal ponto de integração dos ônibus com o metrô na região. O conjunto de obras viárias deve ser concluído em seis meses.

A Estação Aeroporto está sendo construída na área entre o bambuzal, localizando no acesso ao aeroporto e a Avenida Santos Dumont. Com estrutura pré-moldada finalizada, com cerca de 75% da cobertura instalada e alvenaria e acabamento em execução, a estação deve estar pronta para operação até o final do ano.

Com capacidade de transportar até mil passageiros por trem e operar com intervalo entre trns de três minutos, o metrô fará o percurso entre as estações Aeroporto e Acesso Norte em 27 minutos. Ao desembarcar em Acesso Norte, o usuário pode pegar a Linha 1, sem custo adicional, chegando às estações Lapa ou Pirajá em cerca de oito minutos.


Fotos da Superintendência de Comunicação e do Bocãonews
Share on Google Plus

About Redação Saiunoblog

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.