Moema Gramacho: Workshop de esporte reafirma conceito de Cidade Educadora em Lauro de Freitas


Ferramenta para a inclusão social, o esporte educacional foi debatido em Lauro de Freitas nesta quinta (6) e sexta-feira (7) com especialistas, autoridades e profissionais da área, reforçando o conceito de Cidade Educadora implantado este ano no município. Na abertura do 1º Workshop de Esporte Educacional de Lauro de Freitas a prefeita Moema Gramacho destacou o espaço das atividades esportivas na implantação da educação de tempo integral proposto pelo Cidade Educadora.

“O trabalho transversal entre as secretarias - como será a realização dessa oficina - é fundamental para implantação e execução das políticas públicas para transformar a vida dos nossos jovens; e é preciso acreditar. O povo quer mais e nós precisamos fazer mais e melhor na educação e no esporte”.

A secretária de Trabalho, Emprego, Renda e Esporte do Estado, Olivia Santana, ressaltou a importância do esporte não apenas como apêndice da educação, mas como parte do projeto. “O esporte traz para o aluno a convivência com regras que vão refletir na maneira como este jovem vai conduzir a sua vida. É necessário que entendam o espaço escolar como espaço para afirmação da cidadania”.

Promovido pela Secretaria de Trabalho, Esporte e Lazer (Setrel) em parceria com a Secretaria de Educação (Semed), o workshop foi proposto para contribuir na solução de questões apresentadas para a utilização do esporte como ferramenta de educação, explicou o secretário da Setrel Wilson de Souza. “Precisamos compreender a diversidade esportiva para além da lógica simples que conhecemos para poder utiliza-la de maneira colaborativa da Cidade Educadora”.

O secretário de Educação Paulo Gabriel classificou o esporte educacional como instrumento de transformação da visão do aluno sobre a sala de aula. “Sou testemunha do esforço e qualidade dos professores de Lauro de Freitas. Este tipo de debate e o desenvolvimento de ações como a Universidade de Verão são atos de coragem para enfrentar as problemáticas da educação”.

O chefe de gabinete da Setre, Vicente Neto, levou para o debate as experiências de projetos do Governo Federal, como o Segundo Tempo, que utilizam o esporte como ferramenta educacional. “Esse workshop é um primeiro momento, ele da o pontapé inicial para implantação da integralidade da educação esportiva do município”.

Experiência de Cuba

A experiência transformadora de Cuba, que utiliza o esporte do berçário à universidade, foi o destaque do segundo dia. A palestra ministrada no auditório da Unime pela consulesa cubana, Laura Pujol, mostrou porque a pequena ilha é exemplo no campo da educação.

De acordo com ela, em Cuba desde a gestação o indivíduo é acompanhado por profissionais. A prática esportiva é obrigatória na ilha, inclusa no currículo escolar desde a primeira infância até a universidade. “Com os bebês trabalhamos a psicomotricidade, ou seja, desenvolvemos a integração das funções motoras e psíquicas em consequência da maturidade do sistema nervoso”, frisou.

O espaço também foi reservado à criação de mesas de debate onde diferentes aspectos da prática esportiva foram debatidos. O evento reuniu professores e estudantes de várias partes da Bahia. Ao final, os participantes receberam certificados de conclusão do Workshop.
Share on Google Plus

About Redação Saiunoblog

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.