Geddel (PMDB) continua preso até depoimento da esposa de Lúcio Funaro

Com a cabeça raspada, Geddel esconde o rosto.

O ex-ministro Geddel Vieira Lima (PMDB) continuará preso até que a esposa do doleiro Lúcio Funaro seja ouvida pela Justiça. A decisão foi tomada na audiência de custódia realizada nesta quinta-feira (6), na Justiça Federal de Brasília. Foi determinado também uma perícia nos celulares da esposa de Funaro e de Geddel, para saber se as ligações partiram do telefone do ex-minsitro. Em depoimento, o peemedebista disse que não fez pressão a ninguém e que as ligações feitas, na verdade, foram retorno aos chamados da esposa de Funaro. Geddel disse ainda que falou por cerca de 40 a 50 segundos e "coisas banais". 
Share on Google Plus

About Marcinho do Saiunoblog

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.