Acredite se quiser, a mala venceu: Ministro do STF manda soltar Deputado do PMDB da mala de 500 mil de propina

A imagem pode conter: uma ou mais pessoas e texto


O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Luiz Edson Fachin determinou, na tarde desta sexta-feira (30), que o ex-deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR) seja liberado da prisão. Com a autorização de soltura, Fachin determinou que Loures use tornozeleira eletrônica e permaneça em sua residência das 20h às 6h, nos fins de semana e feriados. Ele também está proibido de entrar em contato com outros investigados e de deixar o país.

Nesta sexta (30) familiares de Rocha Loures afirmaram que a situação dele era análoga à tortura "para delatar Temer". Ele estava há 17 dias sem ver a luz do sol na carceragem da Polícia Federal, em Brasília. Segundo relatos de ex-colegas, Loures ficou as últimas duas semanas em uma cela sem janela, com pouca ventilação, sem banheiro e sem chuveiro.

O ex-deputado Rodrigo Rocha Loures foi preso no dia 3 de junho pela Polícia Federal, em Brasília, após ser flagrado pela PF recebendo em São Paulo uma mala com R$ 500 mil. Segundo delação dos empresários da JBS, a quantia recebida por Loures era propina.
Share on Google Plus

About Marcinho do Saiunoblog

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.