Prefeita Moema propõe inclusão do Centro Panamericano de Judô no Cidade Educadora


No mais alto lugar do podium a equipe brasileira de judô sub-21 comemorou o ouro na disputa com a Rússia, que ficou com a prata no Super Desafio BRA Copa Internacional de Seleções, realizado nesta quinta-feira (15), no Centro Panamericano de Judô (CPJ), em Lauro de Freitas, sob forte comoção da torcida que ovacionou de pé os campeões. Itália e Alemanha ficaram empatadas no terceiro lugar. A prefeita Moema Gramacho participou da mesa de autoridades nessa final do desafio.

Oito países participaram do torneio que chega a sua terceira edição com disputa de alto nível técnico entre algumas das maiores potências mundiais do esporte na atualidade. As seleções da França, Rússia, Holanda, Itália, Grã Bretanha, Alemanha e Portugal foram abatidas pela equipe brazuca na final transmitida ao vivo pelo canal Sportv. 
                       
A competição é uma prévia do Campeonato Mundial por Equipes sub 21 deste ano, que acontecerá em outubro, em Zagreb, na Croácia. Para Moema, a disputa além de entretenimento sadio é um referencial para o público jovem. "Um espetáculo como esse para nossas crianças e adolescentes é maravilhoso. Este é um espaço de qualidade única na Bahia, é fruto de um trabalho que deu certo, de um sonho que foi realizado", celebrou.

Após o término da cerimônia de premiação a prefeita reuniu-se, ainda na sede do CPJ, com representantes dos governos estadual e federal e da Confederação Brasileira de Judô para propor ações que envolvam o Centro no roteiro do projeto desenvolvido pela Secretaria Municipal de Educação, o Cidade Educadora . na mesa de dialoga estavam o presidente da CBJ, , Silvio Acácio Borges, e a secretária do Trabalho, Emprego, Renda e Esportes, Olívia Santana.
"A ideia do Cidade Educadora é fomentar em Lauro de Freitas educação de tempo integral utilizando equipamentos públicos e particulares por meio de voluntariado, para garantir atividades educativas no turno oposto às aulas regulares", explicou.                        
A Semed fez o levantamento em cada bairro dos locais que tem potencial para serem utilizados com esta finalidade, com propostas voltadas para a inclusão do esporte na pauta das ações educadoras dos alunos da rede pública. De acordo com a gestora, a meta é que todos os estudantes estejam envolvidos em atividades complementares à grade curricular.                        

Uma nova reunião foi marcada para dar sequência aos diálogos com vistas a formação de estratégias para executar o Cidade Educadora no CPJ com apoio dos governos e a parceria da Confederação."Não queremos usar apenas este espaço, a ideia é levar o judô  para todas as escolas e estender o esporte a todos", finalizou Moema.
   





     
Share on Google Plus

About Marcinho do Saiunoblog

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.