Muito grave! Grave: Deputados pedem investigação contra o prefeito ACM Neto (DEM) por recebimento de propina da Odebrechet no valor de quase 2 Milhões no período da campanha eleitoral, segundo o delator André Vital

Imagem relacionada

Os deputados Robinson Almeida (PT-BA) e Afonso Florence (PT-BA) entraram com uma representação no Ministério Público do Estado da Bahia nesta segunda-feira (5) contra o prefeito ACM Neto. Os parlamentares pediram a investigação de suspeitas de favorecimento da Odebrecht na licitação para a reforma da Orla do bairro da Barra. Em delação premiada, o diretor da empreiteira, André Vital, relatou que entregou R$ 1,8 milhão em dinheiro vivo a um representante de ACM Neto em 2012, pouco antes da eleição municipal. O valor teria sido repassado por meio de caixa 2. O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), encaminhou o caso para instâncias inferiores da Justiça. Os deputados defendem que o MP-BA também conduza uma investigação pelo assunto não envolver diretamente entidades da Administração Pública Federal. "A denúncia da Odebrecht contra Neto é muito grave. A suspeita que houve apoio eleitoral para o prefeito em troca da execução da obra da Barra tem que ser investigada", afirmou Robinson. "ACM gastou aproximadamente R$ 10 milhões por quilômetro na reforma da Orla e agora é citado na delação de um diretor da construtora responsável pela obra. Ele tem muito o que explicar ao povo de Salvador", destacou Florence.


Prefeitura convida todos e todas para:

Share on Google Plus

About Marcinho do Saiunoblog

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.