Agricultores de Lauro de Freitas expõem seus produtos em feira livre organizada pela prefeitura

Feira abre espaço para agricultores familiares de Lauro de Freitas

Milho verde, amendoim, aipim e laranja foram alguns dos produtos comercializados no estacionamento do Restaurante Popular, nesta quinta-feira (8). O local, que recebeu um público atípico, sediou a I Feira da Agricultura Familiar promovida pela Secretaria de Desenvolvimento Social e Cidadania de Lauro de Freitas (SEMDESC), através do Departamento de Segurança Alimentar. 
 “Essa feira é a retomada de um projeto iniciado na gestão passada da prefeita Moema Gramacho. Queremos promover a inclusão dos produtores incentivando agricultura familiar”, declarou a secretária da SEMDESC Huldaci Santana. A feira deve acontecer a cada 15 dias como forma de gerar mercado para os produtos da agricultura familiar do município.
A feira ofereceu aos consumidores uma variedade de produtos orgânicos. Estudantes do curso de Nutrição da Faculdade Unime distribuíram informativo sobre a agricultura orgânica e estimularam o consumo de produtos naturais. “Sou frequentador do Restaurante Popular, cheguei mais cedo para aproveitar a oportunidade de comprar produtos da cidade e colaborar com a economia”, revelou o morador de Itinga, Cláudio Teixeira.
O secretário de Cultura e Turismo (Secult), Manoel Carlos dos Santos, chamou a atenção para a oportunidade de comprar alimentos saudáveis. “Estamos acostumados com a cultura do supermercado. Precisamos apoiar os agricultores que tiram seu sustento da venda destes produtos”.
Quem foi ao local encontrou produtos juninos, comidas tópicas e artesanato. “Estávamos precisando de um espaço como este para vender nossos produtos. Uma oportunidade como esta é maravilhosa. Antes só vendíamos para nossos vizinhos e familiares”, afirmou Givanete Miranda, do Quingoma, produtora há dez anos.

- Na opinião de Marcinho Saiunoblog, a feira deveria acontecer todos os sábados, à partir das 7 horas, no estacionamento do Restaurante Popular (até que se construa um espaço apropriado), para  a população criar o hábito de ir comprar todas as semanas e ajudar no desenvolvimento da agricultura familiar do município.
Eu Plantava no quintal de casa, colhia e vendia quiabo, coentro, salsa, cebola, tomate e banana na feira de Serrinha. Sei do que estou falando.




Quer comer uma boa pizza
ou fazer um bom lanche?
Pizzaria e Lanchonete Paulista
no Final de Linha de Lauro de Freitas ou pode fazer o pedido pelos telefones e Whatsapp

Share on Google Plus

About Marcinho do Saiunoblog

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.