VITÓRIA GOLEIA E VAI COM MORAL À DECISÃO DO BAIANO


Não foi por falta de suor ou de vontade, mas o que se viu no Barradão, neste domingo, 23, foi um Vitória da Conquista incapaz de incomodar o Vitória, que se impôs desde o início e fez 5 a 0 no xará, pelo jogo de volta da semifinal do Campeonato Baiano. A partida de ida, na semana passada, terminou empatada em 1 a 1.

Com o resultado, os comandados de Argel Fucks chegam com moral para a série de Ba-Vis que se aproxima, começando pela disputa semifinal da Copa do Nordeste, a partir de quinta-feira. A primeira partida da decisão estadual será na quarta-feira, 3 de maio, na Fonte Nova. O jogo de volta será no domingo, 7 de maio.

Ao fim das semifinais, as vagas para as competições nacionais foram definidas. Bahia e Vitória garantiram presença na Copa do Brasil e na Copa do Nordeste do ano que vem.

Domínio do Leão

O Leão se impôs desde o início e deixou claro para o Bode que seria preciso transpirar muito para incomodar o goleiro Fernando Miguel. Para se ter ideia da dificuldade do time conquistense em finalizar à meta adversária, a primeira jogada mais importante dos visitantes ocorreu apenas aos 40 minutos, quando o zagueiro Silvio subiu para cabecear no escanteio e quase venceu o goleiro vermelho e preto.

E foi só. O Rubro-Negro dominou a partida de ponta a ponta, e sacramentou o triunfo e a vaga na grande final ainda no primeiro tempo. Depois de um bate-rebate na área, a bola caiu nos pés de David, que cortou o zagueiro e estufou a rede do goleiro Rodolfo. O Conquista não conseguiu reagir e, logo aos 28, Lúcio cometeu pênalti em Cleiton Xavier, que correu para a batida e deslocou o goleiro com estilo.

O que já estava ruim piorou quando o mesmo Lúcio fez falta em David e recebeu o segundo amarelo, ao fim do primeiro tempo.

O efeito da expulsão foi visível assim que a partida recomeçou. Os visitantes sentiram e não conseguiram segurar mais o ataque rubro-negro. Logo no primeiro minuto de jogo, David arrancou pela direita e ofereceu a bola de bandeja para Paulinho chutar e ampliar o placar.

Sem tempo para respirar, o Conquista se segurou como pôde. Mas o Vitória continuou pressionando e, aos 18 minutos, Uillian Correia fez o quarto com um chutaço de fora da área. Com o resultado praticamente encaminhado, Argel colocou Dátolo na partida para ganhar ritmo, pensando na sequência da temporada.

O argentino não entrava em campo desde o dia 19 de fevereiro. No finalzinho, aos 42 minutos, o lateral Geferson apareceu para dar números finais à partida no dia do nascimento do seu filho Enzo.

Fonte: atarde
Share on Google Plus

About Ana Lúcia Leal da Silva

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.