DESDE 1940 QUE SE FAZ DOAÇÕES PARA CAMPANHAS DE POLÍTICOS, DEIXA CLARO O EXECUTIVO EMÍLIO ODEBRECHT

Resultado de imagem para Emílio Odebrecht
Emílio Odebrecht

Sem meias palavras e de forma clara, o executivo Emílio Odebrecht, presidente do Conselho de Administração da empresa que leva seu sobrenome, afirmou à Justiça, nesta segunda-feira (13), que “sempre existiu” caixa 2 na construtora, para doações de campanha não oficiais. " Desde a minha época, da época do meu pai e também de Marcelo meu filho[Odebrecht] (1940) que se faz doações para campanhas de políticos", declarou ao juiz Sérgio Moro.

Recentemente, Emílio Odebrecht recebeu o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso para uma conversa delicada.

Encontro posterior ao vazamento de trechos das delações premiadas dos executivos da empresa e, principalmente, a de Marcelo Odebrecht, filho de Emílio, preso em Curitiba pela Operação Lava Jato.

FHC falou sobre a possibilidade de um abrandamento da denúncia envolvendo José Serra e Aécio Neves.

Emílio, delicado e amavelmente, respondeu mais ou menos assim: “Temos 52 executivos. Se quiséssemos, não teríamos condições de influenciá-los”.

E arrematou: “Se não temos condições aqui dentro, imagine lá fora”.
Share on Google Plus

About Marcinho do Saiunoblog

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.