DESCUBRA O QUE SUAS ORELHAS PODEM REVELAR SOBRE SUA SAÚDE


Elas ficam na lateral do seu rosto e poucas vezes na vida recebem a devida atenção, mas sabia que suas orelhas servem para muito mais que usar brincos e ajudar você a ouvir conversas atrás das portas? Suas orelhas podem ser um belo termômetro sobre seu organismo.

Embora pouca gente saiba, elas podem alertar para alguns problemas de saúde, como complicações renais, sabia? Elas também podem denunciar se você tem genética recessiva ou dominante com apenas um detalhe em seu lóbulo. Mas isso você confere na lista.

Outra coisa que suas orelhas protagonizam e você provavelmente não sabe é possibilidade de curar o amenizar vários desconfortos físicos e emocionais. Por meio da reflexologia, você consegue massagear terminações nervosas ligadas diretamente a outras partes do corpo, como cabeça, coração e assim por diante. Fantástico, não?

Descubra o que suas orelhas podem revelar sobre sua saúde:


1. Identificação



As orelhas, assim como as digitais, são únicas. Por mais que essa parte do seu corpo aumente de tamanho com o passar do tempo, ninguém tem orelhas iguais às suas. Por isso, elas também servem como uma forma de identificação.



2. Traços genéticos


Sabia que dá para saber se você tem traços genéticos recessivos ou dominantes, somente observando suas orelhas? Se elas terminarem coladas ao final do pescoço, significa que você tem gene recessivo. Por outro lado, se suas orelhas se separam ao final, como um gancho, é sinal de gene dominante.

3. Doenças cardíacas


Se tiver um sulco atravessando o lóbulo de sua orelha, fique alerta. Este pode ser um sinal de que você corre risco de ter alguma doença arterial coronariana.

4. Falta de vitaminas e cálcio


Outra coisa que suas orelhas podem indicar é se vitaminas e cálcio estão em falta em seu organismo. Se elas estiverem muito pálidas, é melhor procurar um médico e melhorar sua alimentação.

5. Problemas renais


Problemas de saúde, como nos rins, também costumam ser indicados pelo aspecto de suas orelhas. Se elas estiverem sempre vermelhas pode ser um sinal de complicações renais.

6. Distúrbios cerebrais


Até mesmo isso elas podem revelar. Se as orelhas estiverem constantemente de um tom vermelho escuro, pode ser um alerta de perda de memória, enxaqueca e, claro, problemas cerebrais. Se inflamadas, pode ser sinal de problema crônico.


7. Reflexologia



Ao mesmo tempo em que as suas orelhas revelam problemas de saúde, elas também podem ajudar a amenizar (ou mesmo a curar) alguns desconfortos físicos ou emocionais por meio da reflexologia. Para isso, é preciso conhecer as terminações nervosas nas orelhas, que se conectam a determinadas áreas do corpo.

Como você vai ver, a reflexologia relaciona esses pontos específicos com a silhueta de um bebê em posição fetal e de cabeça para baixo. Dessa forma, os pontos que você deve pressionar estão diretamente relacionados com o corpo do bebê, como você pode ver na imagem.


Conforme especialistas, massageando os pontos corretos, você pode resolver vários problemas cotidianos, como dores de cabeça. Profissionais em reflexologia, por exemplo, podem usar até mesmo agulhas para ativar essas terminações nervosas com a acupuntura e tratar costas, ombros, vários problemas em órgãos, articulações, nariz, garganta, digestão, cabeça e até mesmo coração.




Fonte: Incrível
Share on Google Plus

About Ana Lúcia Leal da Silva

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.