TORCIDA DO BAHIA RECORRE A ALTERNATIVAS PARA IR AO JOGO DECISIVO


Todos os ingressos para o duelo decisivo do Bahia com o Bragantino, sábado, 19, às 16h30, na Fonte Nova, acabaram uma semana antes da partida: foram 43 mil bilhetes vendidos em menos de quatro dias.
Quem não conseguiu o seu lugar no estádio se pergunta: haverá segunda chance?
Sim, mas é preciso correr. A promessa é que a partir desta quinta-feira, 17, sejam vendidos os ingressos reservados para a torcida visitante, cerca de 10% da carga total. O Bragantino tinha até esta quarta, 16, 72 horas antes do jogo, para se manifestar pedindo sua cota, mas não o fez.
Bahia e Arena devem anunciar em detalhes como será a venda desses ingressos nesta quinta. Os preços costumam ser de R$ 30 (a meia-entrada).
Outra opção é aderir a um dos planos de sócios com acesso garantido do clube. Nesse caso, também é preciso pressa: há uma semana, eram 321 vagas reservadas para esse fim; nesta quarta, eram apenas 97.
O tricolor Jairo Pereira foi um dos que optaram pelo plano: “Tentei comprar pela internet, mas o site só vivia muito lento, caía toda hora, até que eu disse ‘chega!’. Mas sou Bahia desde pequeno, o coração bateu muito forte e tive que fazer alguma coisa”.
Ele e mais três amigos aderiram ao plano de sócios para o setor Leste. Vão pagar R$ 80 por mês – o ingresso para o mesmo setor custava R$ 50 a inteira. Como esse é o último jogo da temporada, só terão o acesso ao benefício de ver todos os jogos em 2017, se continuarem pagando até lá.
“Mesmo assim eu acho que valeu a pena. Na mão de cambista, eu não ia comprar... E acho que desse jeito já tô com meu lugar garantido para a Série A”, brinca Jairo.
Em sites e nas redes sociais, o mesmo ingresso para o Leste chega a ser vendido por R$ 80, a meia-entrada. O valor na bilheteria era de R$ 25.
Sortudos
Quem comprou seu ingresso até a última sexta-feira teve que passar por algum tipo de ‘perrengue’ para consegui-lo.
“No dia que abriu o guichê na Fonte Nova (quarta-feira retrasada) eu fui comprar. Pra quê? Cheguei lá por volta das 15h e me deparei com uma fila do tamanho do mundo. Descia pela ladeira (da Fonte das Pedras) e ia até a (avenida) Bonocô...”, lembra o torcedor Ricardo Matos.
“Tirei uma foto, mandei para o grupo de amigos que participo no WhatsApp e disse ‘galera, comprem aí pra mim, porque aqui não dá’. Daí fiquei torcendo para algum colega comprar. Felizmente um deles conseguiu”, completa.
Outro que teve de improvisar para conseguir seu ingresso foi Fernando Souza: “Fiquei tentando alguns dias pelo site, mas toda hora dava algum problema. Tentei umas 100 vezes, sem brincadeira. Às vezes aparecia que tinha ingresso, mas quando você clicava, sumia tudo. Comecei a ficar nervoso”, lembra.
“Daí, lembrei que de madrugada podia ser mais tranquilo. Fui dormir, coloquei o despertador para tocar umas 2h30, e pronto. Consegui comprar o ingresso tranquilo”, conta Fernando. “Comprei logo quatro, para garantir os amigos. Problema é que é um para o Oeste e os outros para o Leste. Lá na hora a gente vai ver no que dá”, completa.
STJD
O lateral esquerdo Moisés será julgado nesta quinta pelo STJD por ter xingado o trio de arbitragem no duelo com o Vila Nova, após ser expulso. Como deve pegar gancho, o técnico Guto Ferreira colocou o atleta entre os reservas no treino desta quarta. João Paulo foi o titular. Com Victor Rangel no lugar de Feijão, o time voltou a ter três atacantes.

Fonte: atarde
Share on Google Plus

About Ana Lúcia Leal da Silva

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.