MINISTÉRIO PÚBLICO DA BAHIA DIVULGA QUE É CONTRA A PEC 241

Foto: Divulgação
O Ministério Público da Bahia divulgou para a imprensa, neste domingo (6), posicionamento contrário à Proposta de Emenda à Constituição, n° 241, que congela as despesas do Governo Federal, corrigidas pela inflação, por até 20 anos. Para o MP (BA), a medida afetará toda a sociedade, causando “efeitos deletérios” às áreas de Saúde e Educação, uma vez que a proposta permite a transferência de recursos públicos das áreas sociais para o pagamento de juros e redução da dívida pública. Além do mais, para o MP, a redução da participação da União no financiamento dos direitos sociais acarretará, ainda mais, a desigualdade no país. O órgão alega que, o desenvolvimento econômico deve estar conciliado com a necessidade de preservação dos direitos fundamentais dos cidadãos. “De nada adianta termos uma Constituição Federal pródiga na previsão de direitos sociais, sem que seja garantido o provisionamento de recursos mínimos necessários à sua implementação”, disse em nota. A PEC 241 foi aprovada na Câmara dos Deputados e deve ser julgada no Senado, no decorrer de dezembro, deste ano.
Share on Google Plus

About Marcinho do Saiunoblog

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.