LEÃO E CÚPULA DO PP NEGA SAÍDA DA BASE DO GOVERNADOR RUI COSTA

Negação: Presidente do PP na Bahia, o vice-governador do Estado, João Leão, disse à Tribuna que ?a chance é zero?
Negação: Presidente do PP na Bahia, o vice-governador do Estado, João Leão, disse à Tribuna que "a chance é zero"
Diante do burburinho que se instalou logo após os resultados das eleições deste ano, a linha de frente do Partido Progressista (PP) rechaça suposta possibilidade de a legenda deixar a base de apoio ao governador Rui Costa (PT) na Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA) para migrar para o time do prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM).
Presidente do PP na Bahia, o vice-governador do Estado, João Leão, disse à Tribuna que “a chance é zero”. “Nenhum deputado do PP disse a mim que está insatisfeito com a posição do nosso partido na Bahia. Pelo contrário, o PP, inclusive, pode ganhar a presidência da Assembleia fazendo parte da base do governo, na pessoa do deputado Luiz Augusto”, disse João Leão, que está em viagem oficial à Itália, onde, em Milão, se reuniu ontem com empresários do ramo de mármores e granitos que pretendem investir na Bahia.
Articulador do PP em Salvador e na Região Metropolitana (RMS), o deputado federal Cacá Leão também garantiu à reportagem que não há nenhuma movimentação em curso no sentido de o partido passar para a base de ACM Neto.
“Não existe namoro nenhum com o prefeito. É só amizade mesmo”, minimizou Cacá. Apontado como comandante da suposta operação dos supostos insatisfeitos, o deputado federal Mário Negromonte Jr. também nega que o PP sairá da base do governo do Estado na Assembleia Legislativa. 
“Tem pessoas da mídia que, não sei com que interesse, vêm tentando promover essa discussão. Eu nunca tinha sido ouvido sobre isso. Nem eu nem ninguém da direção do PP na Bahia teve tempo ainda de sentar com os prefeitos eleitos, com os vereadores, com ninguém para fazer um balanço dessas eleições, que mais uma vez foram ótimas para nosso partido.
É muito prematuro fazer uma conversa nesse sentido. Nem mesmo se houver alguém que de fato queira sair da base, nem essa pessoa pode avaliar nada nesse momento, porque é muito prematuro alguém dizer que vai mudar de lado agora para apoiar o prefeito de Salvador em 2018. São dois anos ainda, e a política é muito dinâmica. Ninguém agora pode querer vislumbrar nada para daqui a dois anos, porque pode errar completamente”, disse Negromonte Jr.
O deputado diz ainda que, particularmente, tem outro foco no momento. “Meu foco é cuidar dos prefeitos que eu ajudei a eleger, cuidar dos interesses do meu partido em Brasília para ajudar a tirar o Brasil da crise e cuidar do povo da Bahia.
Então, eu digo que é muito trabalho para que eu possa ficar querendo fazer articulações políticas para uma eleição que só acontecerá daqui a dois anos. 
Insatisfação com articulação política
Em anonimato, porém, outro progressista de alto escalão disse que o que há entre ‘parte do PP, assim como em outros partidos da base, é uma insatisfação pontual com a articulação política’ do governo, que atualmente é feita pelo secretário das Relações Institucionais (Serin), Josias Gomes (deputado federal licenciado – PT).
‘Hoje existe uma dificuldade para o PP e para os outros partidos da base de fazer chegar os posicionamentos da base ao governador de modo correto’, diz a fonte.
Mas parece que a tensão está prestes a acabar, pois, ainda em entrevista à Tribuna, o vice-governador João Leão reafirmou o “papel importante” que terá no Executivo o ex-governador Jaques Wagner, que já foi confirmado por Rui em seu governo na nova composição que sairá da minirreforma que ele fará ainda no final deste ano.
“Com toda sua capacidade e experiência, Wagner fará um trabalho muito especial para ajudar o governador Rui Costa a resolver qualquer problema que possa surgir”, disse Leão
Share on Google Plus

About Marcinho do Saiunoblog

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.