EM DESABAFO, HERNANE AGRADECE CRÍTICAS E AVISA: 'O BAHIA VAI SUBIR'

Foram nove longas rodadas sem marcar. Dessas, o centroavante tricolor esteve em campo em oito delas. O grito de gol estava preso na garganta. Chegava, tentava e, na hora do chute final, esbarrava no erro. Nesta terça-feira (8), o peso saiu das costas e Hernane finalmente sentiu o gosto do alívio. Foi dos pés dele que o Bahia arrancou um triunfo heroico contra o Sampaio Corrêa, por 1x0, na Fonte Nova, aos 46 minutos do segundo tempo.


Emocionado, após o apito final Hernane saiu correndo em direção ao banco de reservas e abraçou o volante Juninho, substituído após torcer o tornozelo, que estava chorando copiosamente. “Não tem explicação esse gol. Estou muito emocionado”, disse o volante, que saiu dos vestiários com o pé imobilizado e será avaliado durante a semana. A tendência é que ele seja vetado do jogo de sábado (12), contra o Luverdense, em Lucas do Rio Verde.
Ainda abraçado ao companheiro, Hernane desabafou. “Fiz questão de agradecer. Ele tem coração,  ajuda muito. É um momento único. Quero agradecer a todos que me criticaram, porque isso me fez crescer. Isso aqui é um grupo, somos fortes. O Bahia merece subir. O Bahia vai subir”, gritou.
Também emocionado, Luiz Antonio não poupou elogios ao atacante. “Eu sempre disse que, quando o Bahia precisasse, na hora de decidir, ia ser ele que ia fazer o gol. Ele merecia isso”, decretou.
Outro que estava em êxtase era Edigar Junio. “O Bahia é isso. É garra, emoção. Estamos dando a vida”, disse o atacante, que teve o apoio de Victor Rangel. “A gente luta para retribuir o amor dessa torcida. Se deixarmos a alma em campo, ainda assim será pouco”, disse. Na próxima rodada, sábado (12), às 18h30, contra o Luverdense, fora de casa, o time não terá Jackson e Allano, suspensos.


Fonte: correio24horas
Share on Google Plus

About Ana Lúcia Leal da Silva

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.