NOVA UTI PEDIÁTRICA DO MARTAGÃO É INAUGURADA



A estudante Aline dos Santos, 28 anos, descobriu que a filha, Ana Regina, 9, tinha um problema no pulmão e necessitava de cirurgia. Há seis meses, ela aguardava por uma vaga. Nesta terça-feira, 11, mãe e filha conseguiram. A menina foi a primeira paciente a dar entrada na nova UTI pediátrica do Hospital Martagão Gesteira.

Localizada no Tororó, a unidade ganhou 10 novos leitos de UTI, que se somam aos 20 já existentes (10 para recém-nascidos e 10 para a faixa pediátrica). Uma solenidade realizada nesta terça marcou o início do atendimento, com a previsão de a cirurgia pulmonar de Ana Regina ser realizada à tarde.

Com o reforço, segundo o presidente da Liga Álvaro Bahia contra a Mortalidade Infantil (mantenedora do Martagão), Carlos Melo, o hospital pretende zerar uma fila de 18 a 25 crianças que esperam por uma vaga.

Com apenas uma UTI no hospital, ainda segundo Melo, elas costumavam esperar de 30 a 60 dias para ser operadas. Com as duas, o prazo será reduzido para 15 a 21 dias, segundo cálculos da própria unidade.

"Esses leitos vão potencializar a capacidade de operar crianças que estão na fila. Por vezes, a gente precisa fazer uma intervenção cirúrgica e, como não tem vaga na UTI, aguardar que surja para que a criança possa fazer o pós-operatório", disse ele.

A estimativa é que a capacidade de resolução cirúrgica aumente 40% e 45 crianças sejam atendidas por mês nos novos leitos. Atualmente, são 500 cirurgias ao mês no Martagão. Destas, cerca de 150 são de alta complexidade e precisam de UTI. Com os leitos inaugurados, este número sobe para 210.

"Deverá haver sobra de leitos para pudermos atender às demandas também do estado. Por vezes, crianças precisam de UTI e ficam em postos de saúde, aguardando", ressaltou Melo.

Verba do estado

Os serviços da nova UTI funcionarão com verba do estado, por meio de contrato firmado com a Secretaria da Saúde do Estado (Sesab), no valor de R$ 360 mil por mês. O contrato inicial é para 180 dias. "Depois, serão estendidos para 36 meses e readitados", acrescentou.

"Esses novos leitos possibilitarão maior número de cirurgias pediátricas, reduzindo a pressão por vagas no sistema de regulação", destacou o secretário estadual da Saúde, Fábio Vilas-Boas, agraciado com a medalha Álvaro Bahia, concedida pela direção do hospital pela ajuda dada à unidade.

A nova UTI, que recebeu o nome da cantora Ivete Sangalo, já havia sido inaugurada com a presença dela - os recursos da obra foram derivados do show beneficente que a artista fez na Arena Fonte Nova em 2015, com a Orquestra Juvenil da Bahia, o Neojiba, promovido pelas Voluntárias Sociais.

Parte do valor ainda irá para reforma nas enfermarias. Já recursos obtidos com shows que Ivete fará em 3 e 4 de novembro vão para obra no centro cirúrgico, estimada em R$ 3 milhões. A previsão é que o Martagão receba cerca de R$ 2 milhões. "Há outras captações que fecham o valor", finalizou Melo.


Fonte: atarde
Share on Google Plus

About Ana Lúcia Leal da Silva

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.